sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Gripe A foi uma invenção dos "peritos" e das farmacêuticas

Janeiro está a terminar e estamos vivos depois da loucura alarmista da pandemia em entraram todas as entidades oficiais e a "imprensa dita séria".


Fonte: Micosite da Gripe

Agora que já toda a gente viu que fomos enrolados pela OMS, a Ministra da Saúde tenta desfazer-se de 6 milhões de doses da vacina, para evitar esse rombo no Orçamento. Aqui calhou bem o atraso, porque os países que se anteciparam nas compras, compraram uma vacina para uma pandemia de Gripe inventada.


  • «A OMS avançou com a possibilidade, muito reduzida, de haver 71 milhões de mortos no Mundo [vítimas da gripe A]. A verdade é que até hoje morreram 12 mil no Mundo. Valor muito abaixo da gripe sazonal, que só em Portugal mata dois mil por ano».
    Avante!



Foi a Internet (web, blogoesfera, mails, YouTube, newsgroups, twitter, FB) que me livrou desta paranóia colectiva, permitindo-me viver tranquilamente este inverno. Obrigado Internet!


Ninguém vai esquecer a Ministra da Finlândia enxovalhada pela imprensa "certinha":


  • A "ministra" da Finlândia
    Mesmo antes de se iniciar o Programa de Vacinação contra a Gripe A, já circulava na Internet um "famoso" vídeo da autoproclamada ex-ministra da Saúde da Finlândia, denunciando várias conspirações e maroscas que, resumidamente, davam a vacina contra a gripe A como um produto feito pelos americanos, destinado a extinguir a população de várias zonas do globo.
    O vídeo circulou, mas poucos se deram ao trabalho de questionar tamanho disparate. Pois a senhora Rauni Kilde era médica e directora-geral da Saúde quando, em 1986 (há mais de 20 anos), teve um acidente de viação e ficou, digamos, com uma diminuição acentuada da sua lucidez. Por essa razão, foi declarada inapta e passou a ser uma entusiasta da ovnilogia, ou seja, o que trata de discos voadores e ET, tendo publicado inclusivamente um livro em que afirma ter sido salva três vezes por extraterrestres.
    PÚBLICO, 19.11.2009




A ameaça da gripe A foi ou não exagerada sob pressão dos laboratórios farmacêuticos? O Conselho da Europa tenta determinar a autenticidade das acusações contra a Organização Mundial de Saúde (OMS). A OMS tenta defender-se desta fraude escandalosa.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...