segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Manuais de referência em Economia na época do copy/paste

Não deixa de ser curiosa a comparação entre estes três manuais de referência em Economia: Nordhaus/Samuelson, McConnell/Brue e Robert/Frank.


Clique sobre as imagens para aceder aos respectivos sites






Escreveram obras para estudantes do 1º ano de Economia. Como os livros se tornaram demasiado pesados, ofereceram a opção de compra em dois volumes, segundo um critério clássico na disciplina, que distingue o estudo das unidades individuais do estudo dos grandes agregados, isto é, a Microeconomia da Macroeconomia.

A concorrência é real no mercado de língua inglesa, e estes "livros" já são muito mais que isso, porque nos seus sites oferecem apresentações em PowerPoint, gráficos interactivos, capítulos suplementares na web, indicam os sites de referência, etc. Em português, como o mercado é mais pequeno, continuamos com os livros de papel.

Analisadas as obras, a acusação de copy/paste no título é injusta e excessiva, apesar da evidente uniformização dos produtos, sobretudo ao nível dos websites, pois essa será certamente uma tendência a observar-se no sector, agora que surgem os primeiros livros híbridos. Os textos 100% online não atingiram um nível de excelência que lhes permita concorrer directamente com os híbridos... ou quando atingem passam a ter uma edição em papel e a ser híbridos ;)

Links relacionados

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...