sábado, 27 de agosto de 2011

Troika: Agora é a vez dos ricos pagarem a crise!

  • Na conferência de imprensa da Troika, há uma semana, houve um pormenor curioso. A certa altura dois dos seus representantes desataram a fornecer "demasiados" detalhes sobre a situação portuguesa. Primeiro foi Jurgen Kröger a quantificar, por sectores, a derrapagem orçamental: Educação, BPN, Madeira… Kröger anunciaria ainda, em primeira mão, a transferência do fundo de pensões da banca para a Segurança Social. Depois veio Poul Thomsen: questionado sobre quanto teria o IVA de subir para se baixar a TSU, o representante do FMI recusou dar detalhes. Mas de seguida avançou que a redução da TSU não poderia ser selectiva e, para ter impacte, teria de descer 6 a 7%.
Camilo Lourenro, Negócios, 19/AGO/2011

O jornalista confessa-se surpreendido com a riqueza de pormenores oferecidos pela Troika, e adivinhou que se destinavam a "entalar" o Governo de Pedro Passos Coelho que andava a "estudar" cenários de redução selectiva da TSU compensada por mais um aumento do IVA.

Mas a rapaziada da Troika "entalou" o Governo muito mais quando lhes disse que tinha a chegado a vez dos ricos pagarem a crise!

A TSU é para reduzir mesmo 6 a 7 pontos percentuais em todos os sectores de actividade, mas deverá ser compensada por um aumento do IRS a suportar exclusivamente pelos mais ricos!

Finalmente alguma justiça foi imposta pela Troika. É que quando observam Portugal, olham comparativamente para os outros países da União Europeia. No quadro da UE o IVA português já é absurdamente elevado, mas as receitas do IRS são das mais baixas, a par das gregas. Portanto a solução estava à vista para quem observasse o jogo fora do tabuleiro ;)

Santa Troika!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...