quinta-feira, 28 de outubro de 2010

António Borges – O desejado

António Borges tem sido sucessivamente apontado para assumir a liderança do PSD, mas compromissos profissionais e académicos mais compensadores - designadamente o INSEAD  e o Goldman Sachs (Biografia) - têm deixado o partido à mercê de sucessivas lideranças efémeras.

No reinado de Manuela Ferreira Leite, António Borges apresentou a posição do PSD referente ao Orçamento de 2009.


Exactamente no momento em que Sócrates fez terminar a simulação de processo negocial entre o PS (propaganda) e PSD (esclarecimento), precipitando o país numa crise política que anuncia o recurso ao FMI, é bom saber que desta vez encontraremos um português a chefiar o FMI Europa. Será que a receita desta vez poderá ser mais compreensiva?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...