sábado, 25 de outubro de 2008

Pais estúpidos




  • A exibição de um filme com conteúdos sexuais numa aula de Religião e Moral levou os pais de um aluno da escola Joaquim de Carvalho, na Figueira da Foz, a anular a inscrição na disciplina e a fazer uma participação à Direcção Regional de Educação Centro (DREC).
    EXPRESSO, 24 de Outubro de 2008


Agora que os papás até dispõem de um formulário na Internet para apresentar queixinhas ao Ministério deve estar a começar um novo festival.

Neste caso têm evidentemente nenhuma razão. Deveriam agradecer o trabalho que o professor teve a seleccionar um filme que alerta para comportamentos perigosos e descontrolados associados às práticas sexuais da juventude.

Depreende-se da notícia que os pais nem falaram com o docente, nem com nenhum órgão da Escola antes de apresentarem a participação ao ME. Se mantiverem com o seu filho uma atitude semelhante à que revelaram para com o professor - arrogante distanciamento frio - estarão a preparar muito bem o seu petiz para ser um dos contemplados a entrar nas estatísticas da SIDA. É incrível como no mundo de hoje ainda temos pais que pensam que a melhor forma de proteger as crianças é não as alertar para os perigos que correm.

Já que são tão puritanos, apaguem também a história do filme que está aqui! ;)

Outro aspecto "inovador" deste caso é descontextualização da participação. Se o problema era com aquela turma, naquela escola, porque é que não terão utilizado o Director de Turma que todas as semanas está lá precisamente para receber os encarregados de educação?
Devem estar tão seguros de si - ou sem nada para perder - que querem dar uma lição aos professores!

O formulário na Internet para os papás apresentarem queixinhas permitirá que estes casos se multipliquem futuramente. Quando no discurso o ME apela à participação dos pais nas escolas, este mecanismo afasta os encarregados de educação das escolas, porque promove a descontextualização da sua participação. Neste caso, acredito que se os pais tivessem conversado com o professor, este tê-los-ia convencido das vantagens da turma ter visto KIDS, e os papás ficariam-lhe-iam gratos em vez de participarem de si.

Acontece que no momento actual, o ME vive em confronto com os professores, e não pode desprezar nenhuma arma, nem mesmo os pais estúpidos!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...