quarta-feira, 16 de julho de 2008

Os ideais socialistas em Portugal


Depois de Mário Soares ter metido o socialismo na gaveta, os socialistas nem se entendem com o vocabulário, e continuam a dizer coisas patéticas.

As políticas de redistribuição do rendimento apenas se justificam para a sociedade chegar a uma distribuição do rendimento mais equitativa. Caso contrário não valeria a pena o Estado estar com o trabalho de cobrar impostos e atribuir subsídios.

Vem isto a propósito das declarações de Victor Constâncio, nas quais


Tradução. Os gestores e todos aqueles que já ganham bem acima da média podem continuar a aumentar-se. Quem vive dos salários deve continuar a assistir à degradação do poder de poder de compra, a bem da "Nação"!

Para chegar a este resultado não é necessário qualquer Governador no Banco de Portugal, nem qualquer Governo. Este é precisamente o resultado de uma relegação sistemática de qualquer política de "redistribuição dos rendimentos" para um plano muito secundário. Realmente a política de "redistribuição dos rendimentos" só aparece ao nível da retórica.

Definitivamente, o PS já deveria ter mudado de nome ao tempo.

Adenda
Aqui ao lado,
  • O Primeiro-Ministro espanhol, Rodrigues Zapatero, anunciou o congelamento de todos os altos cargos da administração do Estado.
    Fonte: Rádio Renascença.


Começando por limitar o seu próprio vencimento, Zapatero dá uma lição aos "socialistas" portugueses.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...