domingo, 4 de maio de 2008

Enquanto o pau vai e vem folgam as costas

Estratégia proposta no terrear:

  • "(...) A docente recusa igualmente o modelo de avaliação, um processo que considera "pesado" e "burocrático" que "vai parar as escolas" e propõe, como alternativa, uma "maior intervenção da Inspecção-Geral da Educação", a "identificação e acompanhamento dos professores com maiores dificuldades" e acções de formação, estas últimas previstas no decreto-regulamentar. (...)" Link directo


Se os alunos descobrem como eternizar a avaliação formativa, inviabilizando qualquer avaliação su(o)mativa...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...